A responsabilidade da mulher gerar vida à sociedade, saiba como ...



Patricia Rodrigues | Superintendente TV ASET

O mês de março é marcado por enaltecer o valor da mulher na sociedade, representando simbolicamente a luta da mulher por direitos iguais, reconhecimento profissional e valorização da figura feminina como um todo. Neste momento de reflexão avaliamos os avanços, os retrocessos e o quanto é importante debatermos esse assunto.

A mulher ocupa cargos importantes e de grande responsabilidade, e um dos cargos mais importantes que ela desempenha é o fato de ser mulher, lidar com assédios, com os afazeres do lar e acima de tudo ter bom desempenho profissional, não é atoa que mulheres são tidas no mercado com uma visão de maior respeito no que desempenha, afinal ninguém vem ao mundo sem uma mãe.

O protagonismo de sua história é composto de superação, tendo que administrar a vida, com responsabilidades que lhe são impostas. E muitas vezes a mulher sofre por ser mal compreendida, por expressar seu espírito livre, sofrendo agressões desmedidas por seus parceiros, aumentando o índice de feminicídio no Brasil e no mundo. A luta para um lugar ao sol e contra esses atos machistas é constante, em nosso país a mulher conta com a Lei Maria da Penha, que tenta amparar nesse sentido.

No mercado profissional, a mulher luta pelo reconhecimento, esse que vem de acordo com o esforço e desempenho individual de cada uma, seja em qualquer setor profissional ou social, desde a mulher que faz manutenção de limpeza na sua casa para que você tenha tempo para se dedicar ao trabalho, a mulher que luta pelo seu espaço profissional.

A Covid19 chegou para fechar as portas e trancar todos em casa, afinal a palavra de ordem é “ Fique em casa”, muitos e muitas cruzaram os braços e outros da linha de frente lutaram o contra esse vírus, homens e mulheres unidos para o mesmo objetivo, nesse momento que ressignificamos a importância do profissional, seja ele homem ou mulher, e há quem diz que a mulher consegue desempenhar mais funções que homem, seria essa habilidade uma questão de sobrevivência, uma vez que a mulher, muitas vezes é mãe, esposa, dona de casa e ainda profissional, realmente existe um desafio a mais em ser mulher.

Na atualidade vem se levantando bandeiras, como o empoderamento feminino, que é nada mais nada menos, destacar mulheres de personalidade de atitude e que se destacam no mercado profissional, seja ela uma simples dona de casa que oferece dicas de como cuidar de uma casa, a uma empresária de sucesso, que alcança postos de trabalho almejado por muitos homens, e tendo em vista a sua luta, o mérito se torna ainda maior.

E nós reconhecemos todo esforço dos profissionais de saúde exaustos e ao mesmo tempo imbatíveis na luta contra a doença, esse foi um dos pilares, citamos também aqueles que cruzaram os braços e com essa de ficar em casa, auxílio do governo, aproveitaram para se esquivar das responsabilidades.

E foi baseado nisso, encontramos uma mulher, que teme a Deus, luta pelo seu próximo, e buscou nesse momento que muitos se escondiam, ser empática, solidária buscando apoiar os mais fragilizados e de forma empreendedora se capacitar para novos desafios e gerar empregos.

A mulher que estamos falando é Patrícia Rodrigues, apóstola, empresária e de um coração gigantesco, no meio a pandemia, famílias desesperadas por buscar suprir as necessidades básicas ela reuniu amigos, a comunidade e organizou distribuição de cestas básicas, pensando em ser útil a população, em um cenário de crise, falta de oportunidade ela pensou, “preciso fazer algo, ser diferente” e pediu orientação a Deus, e ele a respondeu com um projeto da TV ASET, quando perguntada sobre esse nome ela disse, “o sete vem da perfeição de Deus.”, e começou a corrida constante para fazer com que tudo desse certo, hoje, o canal de tv já é uma realidade, os últimos meses foram de muito trabalho, e o que ela mais deseja é ampliar sua voz para alcançar mais e mais pessoas.

O Canal de TV, entra no ar até início de maio, e está tudo bem adiantado, o que podemos esperar é uma programação interativa compromissada com a verdade dos fatos e a realização de muitos sonhos. “Nós vamos fazer o que nunca ninguém fez, porque nosso objetivo é trazer melhoria para nossa região, onde alcançarmos vamos plantar o bem.” diz a superintendente e diretora, Patrícia Rodrigues.

A emissora já está presente nas redes sociais, @tvaset.oficial é o IG do Instagram, que promete muito breve trazer vários spoilers sobre a programação e destaque de profissionais locais e globais que farão parte desse projeto, vale e pena você ficar conectado para receber as novidades.

E hoje, entendemos que competência não vem do gênero masculino ou feminino, vem do desdobramento da sua história, da perseverança e do acreditar em si, essa foi mais uma história de conquista da mulher, dentre tantas de destaque em todo o mundo, levando sempre em consideração o fato de ser mulher, esse peso de acumulo de funções que não impede em nada seu reconhecimento com excelência.


Créditos:

Escrita: Flávio de Holanda

Fotos: Taynara Reitter

Make & Hair: Anttônio Barbosa

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Grupo Visual  Fashion Brasil

© 2014 by "Visual Fashion Group Brasil ".  www.revistavisualfashion.com